Notícia

COMITÊ SE REÚNE PARA DISCUTIR MEDIDAS EM RELAÇÃO AO COVID-19

Atualização

Na manhã desta sexta-feira o comitê de combate ao novo coronavírus de Capitão Leônidas Marquês esteve reunido para analisar a situação do município frente à pandemia.


A equipe de saúde relatou uma diminuição do número de suspeitos durante a última semana, em contrapartida a coordenadora do centro de psicopatologia Sra. Sirlei Trevisan  relatou um aumento na procura pelo serviço nesses últimos meses.


Ainda sobre saúde, Dr. Bruno falou sobre a produção da vacina que ainda não tem data para ser entregue, segundo o mesmo a melhor maneira de se prevenir é seguir as medidas preventivas e profiláticas, como o uso de máscara, álcool em gel e manter o distanciamento social. Para o Doutor o maior responsável pela proliferação do vírus é a aglomeração de pessoas, e isso deve ser evitado.


Outro assunto em pauta durante a reunião foram as escolas, de acordo com a secretária de educação Sra. Zizela Primo Dallabrida, no momento estão sendo desenvolvidos e aplicados todos os protocolos para uma  possível retomada as aulas caso o governo estadual determine, e ainda que um questionário foi enviado aos pais dos alunos, para fazer um levantamento e descobrir se os mesmos estão se sentido seguros para mandar os filhos às escolas mesmo sem uma vacina, o resultado da “pesquisa” irá indicar o rumo de políticas para os próximos passos.


Por fim representantes do setor de eventos participaram do encontro do comitê, com o intuito de discutir medidas para que os trabalhos possam continuar. Mediante experiência foi deliberado pelo cometê a flexibilização de alguns pontos para o setor, caso os números voltem a subir, medidas restritivas poderão ser aplicadas novamente. 


Os pontos flexibilizados são: 


1 -  Eventos autorizados no máximo até às  03h00m am;


2 - Público 50 % da capacidade da capacidade da casa, exclusivo venda de ingressos antecipados;


3 - Bandas e Músicos autorizados; 


4 - Eventos infantis capacidade máxima de 50 pessoas. 


5 - Clubes e salões de festa, 50% da capacidade. 


É importante salientar que todas as medidas sanitária, como o uso obrigatório de máscaras, álcool em gel e distanciamento social estão mantidas e devem ser respeitadas, mediante penalização dos envolvidos.  

21 Setembro | 2020
Assessoria de imprensa