ATUALIZADO EM 12/06/2018

Unioeste desenvolve projeto sobre sustentabilidade

Unioeste desenvolve projeto sobre sustentabilidade


    

Capitão Leônidas Marques



A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em parceria com a Prefeitura Municipal de Capitão Leônidas Marques e com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), está desenvolvendo um projeto para tornar as cidades mais sustentáveis, inteligentes e inovadoras. A projeto piloto está sendo realizada no município Capitão Leonidas Marques – PR e nas cidades que abrangem a Usina do Baixo Iguaçu e posteriormente será levada para outras cidades do Oeste e Sudoeste do Paraná. 

A atividade prevê a conscientização da sociedade sobre o cuidado do meio-ambiente por meio de ações coordenadas junto à comunidade, como palestras e oficinas nas escolas, universidades e entidades civis e organizadas que debatam projetos conjuntos sobre a conservação da natureza, manutenção da acessibilidade, mobilidade urbana, saúde e limpeza, além de iniciativas inteligentes e inovadoras para as cidades.    

Os debates têm como objetivo discutir alternativas para o coletivo: serão entidades representativas, comunidade e estudantes da Unioeste debatendo as melhores propostas dentro de cada temática. 

A Prefeitura de Capitão Leonidas Marques proporcionará o transporte para os estudantes e logística para a execução das ações propostas, sendo que inicialmente os acadêmicos juntamente com o poder público e sociedade organizada do município ficarão responsáveis pelos cuidados do Rio Monteiro Lobato.
O Projeto será parte da AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) e da ANSOP (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) e, no seu decorrer contará com o apoio da Itaipu Binacional, do PTI (Parque Tecnológico do Itaipu), do Governo do Estado do Paraná e do Governo Federal. 


De acordo com Alexandre Mendes dos Reis (Marketing Institucional), a equipe se reunirá no início de julho, juntamente com a comunidade organizada de Capitão Leonidas Marques para apresentar a iniciativa e enfatizar a importância do engajamento social na luta por uma cidade mais sustentável.

Para o coordenador do projeto, Antônio Carlos Baratter, “a sustentabilidade implica em respeitar a vida e respeitar a vida implica na mais profunda das circunstancias. Sejamos nós a mudança que queremos ver no mundo”.

Imaginado por: GNT Criativa